O que são os frutos do Espírito para os judeus messiânicos

frutos do espirito santoOs judeus messiânicos creem em Jesus Cristo como o Filho de Deus. Para eles, o Novo Testamento é um livro inspirado por Deus, o Espírito Santo já foi enviado depois da Morte de Cristo e os frutos do Espírito estão manifestos. Nesse artigo, vamos tentar explicar o que isso significa.

Se os dons do Espírito Santo são como virtudes, os frutos do Espírito Santo são as ações que essas virtudes produzem. Quando agimos pelo Espírito Santo, através dos dons do Espírito Santo, produzimos frutos na forma de ação moral. Em outras palavras, os frutos do Espírito Santo são obras que só podemos realizar com a ajuda do Espírito Santo. A presença desses frutos é uma indicação de que o Espírito Santo habita na vida de um cristão.

No entanto, assim como o fruto físico precisa de tempo para crescer, o fruto do Espírito não amadurecerá em nossas vidas da noite para o dia. Como um jardineiro bem-sucedido deve lutar contra as ervas daninhas para desfrutar do doce fruto que desejam, precisamos trabalhar constantemente para livrar nossa vida das ervas daninhas de nossas antigas naturezas pecaminosas que querem sufocar a obra do Espírito. A palavra grega traduzida por fruto refere-se ao produto natural de uma coisa viva. Paulo usou frutos para nos ajudar a entender o produto do Espírito Santo, que vive dentro de cada crente. O fruto do Espírito é produzido pelo Espírito, não pelo cristão. A palavra grega é singular, mostrando que fruto é um todo unificado, não características independentes. À medida que crescemos, todas as características de Cristo serão manifestadas em nossas vidas.

A sabedoria é o dom de conhecer as escolhas certas a fazer para viver uma vida santa. O dom da sabedoria ajuda-o a evitar as coisas que podem levá-lo para longe de Deus.

Compreensão é a capacidade de compreender o significado dos ensinamentos da Igreja. O dom da compreensão ajuda você a ser tolerante e solidário com os outros. Isso ajuda a perceber quando alguém está sofrendo ou precisando de compaixão.

Julgamento correto, ou Conselho, é o presente da prudência. O dom do julgamento correto ajuda você a fazer escolhas para viver como fiel seguidor de Jesus.

Coragem, ou Fortitude, é o dom que ajuda você a defender sua fé em Cristo. O dom da coragem ajuda você a superar quaisquer obstáculos que o impeçam de praticar sua fé.

O conhecimento é o dom que permite que você escolha o caminho certo que o levará a Deus. Ele incentiva você a evitar obstáculos que irão mantê-lo dele.

Piedade é o dom da confiança em Deus. Esse dom de reverência inspira você a desejar alegremente servir a Deus e aos outros.

Temor de Deus, ou medo do Senhor, é o presente de admiração e respeito que o encoraja a ter respeito por Deus. O dom de maravilha e admiração leva você a amar tanto a Deus que não quer ofendê-lo por suas palavras ou ações.

Os frutos do Espírito Santo destacados na Bíblia são:

Amor: Exibimos a virtude da caridade, ou amor, pela nossa devoção altruísta e cuidado por Deus e pelo nosso próximo.

Alegria: Vivemos com alegria quando reconhecemos que a verdadeira felicidade vem, não de dinheiro ou posses, mas de conhecer e seguir a Cristo.

Paz: Somos livres de nos preocupar com coisas triviais por causa da paz interior que experimentamos com Deus em nossos corações. Nós trabalhamos e oramos pela paz em todo o mundo.

Paciência: Demonstramos paciência tratando os outros com consideração e tolerância. Sabemos que podemos vencer as tentações e sofrimentos da vida porque Deus está sempre conosco.

Benignidade: Vivemos a virtude da bondade tratando os outros como queremos ser tratados.

Bondade: Exibimos bondade quando honramos a Deus evitando o pecado e sempre tentando fazer o que sabemos ser certo.

Fé ou Fidelidade: Somos fiéis quando vivemos nosso compromisso com os ensinamentos de Jesus, as Escrituras e a Igreja Católica.

Mansidão: Pessoas gentis agem com calma e evitam ações que possam levar os outros à raiva ou ao ressentimento.

Domínio próprio: Exercemos autocontrole trabalhando para superar as tentações que enfrentamos e tentando sempre fazer a vontade de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *